1ª Jornada de Primavera

No Sábado, 16 de Abril, realizou-se a 1ª jornada voluntária de Primavera, não obstante o reduzidíssimo número de voluntários… Embora com algum atraso, aqui ficam algumas notícias.

Apesar de a Primavera parecer ter-se ausentado para dar lugar a um Verão antecipado, as plantas e os animais não se deixaram “enganar” e lá estavam com o seu colorido e a sua exuberância. A começar pelas abelhas do apiário do Cabeço Santo, onde, apesar da baixa de uma colónia e de outra cuja população parece ter dificuldade em recuperar da letargia do Inverno, as restantes três denotam grande azáfama quer no que toca à criação, quer no que toca à produção de mel. Este dia começou pois por alguns trabalhos de manutenção no apiário: observação do estado das colónias e colocação de alças.

Um quadro com criação do apiário do Cabeço Santo

Depois foi a deslocação até ao Ribeiro de Belazaima para realizar mais algum trabalho de desimpedimento da estreita leira ribeirinha que separa as duas principais áreas adquiridas pela Quercus nesta zona conhecida por Ribeira do Tojo. Este desimpedimento, da lenha que aí ficou depositada e do silvado que se seguiu, é essencial para permitir a remoção e controlo das mimosas, e para dar espaço a uma vegetação ribeirinha que, apesar de acossada, se conseguiu fixar. Depois de um avanço de mais uns 15 ou 20 metros, mais um par de horas será o suficiente para terminar o trabalho neste local.

A cerrada frente de intervenção, junto ao Ribeiro

Vegetação ribeirinha, após remoção das mimosas e da lenha

O dia foi concluído com um trabalho de limpeza da vegetação concorrente com as árvores plantadas no ano passado, aliás, na primeira jornada de Inverno de 2010. Um “lenhador” foi autorizado a recolher aqui alguma lenha com a condição de não danificar as árvores, o que efectivamente aconteceu, mas também deixou alguma espalhada pelo terreno que agora tem de ser novamente ajuntada para não ser estorvo à gestão deste espaço.

Castanheiro plantado em Janeiro de 2010 por uma equipa voluntária

Carvalho plantado em 2010 por uma equipa voluntária

Entretanto, já no Sábado seguinte, 23 de Abril, aproveitando as condições meteorológicas favoráveis que entretanto se estabeleceram, o trabalho de limpeza acima reportado foi concluído, tendo-se ainda plantado dez árvores ao longo do Ribeiro para ocupar o espaço deixado vago!

Na próxima jornada de Primavera voltar-se-á aqui durante meio dia para realizar alguns trabalhos de eliminação de mimosas, arrumação de lenha e acompanhamento das árvores plantadas em 2010. O outro meio dia será passado no local de plantação da última jornada de Inverno, colocando tutores nos tubos de protecção das árvores, arrumando lenha, e cortando mimosas e outras plantas indesejáveis!

E claro sempre haverá tempo para deliciosas observações de Primavera! Eis algumas de 16 de Abril:

Namoro de borboletas (16/4)

Sabugueiro em flor

Esta planta atraía dezenas de abelhões!

A carqueja em flor destacava-se nesta altura (16/4)

Exuberância floral da urze branca

P. D.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: