Jornada de visita

Depois de uma jornada voluntária sem voluntários, segue-se uma jornada de observação e visita. Afinal, talvez os potenciais voluntários tivessem mesmo razão: o mês de Maio é demasiado bonito para trabalhar, mesmo bom é para contemplar. Por isso, a jornada anual de visita ao Cabeço Santo se realiza sempre em Maio, desta vez a 25, Sábado.

Este ano temos pela primeira vez a possibilidade de seguir o percurso recentemente demarcado, graças à colaboração activa da Câmara Municipal de Águeda em mais esta vertente do projecto. Trata-se de um percurso com cerca de 7 km, com início e fim na Capela do Feridouro, que se desenrola ao longo dos cerca de 2 km do curso do Ribeiro onde já se realizaram acções de recuperação, para depois subir às cotas mais elevadas do monte e atravessar as áreas de medronhal e matagal do Cabeço Santo. O desnível a vencer é de cerca de 250 metros. O percurso desenrola-se sempre que possível ao longo das áreas de intervenção do projecto, evitando o mais monótono eucaliptal. No entanto, também atravessa algumas áreas de eucaliptal onde se prevêem realizar trabalhos de reconversão nos próximos anos. Em geral, será uma visita tanto lúdica como didáctica, permitindo aos visitantes perceber os desafios que se colocam na recuperação de uma área como esta, onde os cultivos inapropriados do passado, o fogo e as espécies invasoras colocaram os ecossistemas nativos no limiar da extinção.

No final da visita os participantes que não tiverem pressa de ir embora deslocar-se-ão até ao parque de merendas de Belazaima para o almoço. Mas por esta vez terão de trazer o seu. O projecto só alimenta os voluntários em jornadas de trabalho! Esta será também uma oportunidade para trocar e desenvolver ideias sobre “avenidas” futuras para o projecto. Em particular no que toca ao seu papel transformador das consciências, a nível local, vertente que até agora não conseguiu ainda ganhar expressão.

Depois do trabalho intelectual e digestivo, e em função da disponibilidade e das forças disponíveis, ainda se poderão fazer pequenos percursos na vizinhança de Belazaima, em particular um pequeno troço do percurso mais largo da freguesia de Belazaima, que a Câmara Municipal também tem vindo a demarcar. Mas claro, limitar-nos-emos às partes realmente interessantes…

Eis então os dados relevantes para este dia:

Pontos de encontro:

  • No parque de merendas de Belazaima, entre as 9 e as 9:15h
  • Na capela do Feridouro, às 9:30h

Almoço cerca das 13 h no parque de merendas de Belazaima, cada um trazendo para si, embora, evidentemente, possa ser um almoço partilhado.

À tarde poderão realizar-se pequenos percursos na vizinhança de Belazaima, por áreas de interesse paisagístico e ecológico, até às 17 – 17:30h

Não são necessárias inscrições. Mas se alguém, sobretudo no eixo Belazaima – Águeda – Aveiro precisar de boleia, pode contactar no sentido de averiguar se está disponível. Contactos: cabsanto@gmail.com e 966 551 372 (Núcleo de Aveiro da Quercus).

Paisagem primaveril, 25 de Abril de 2013

Paisagem primaveril, 25 de Abril de 2013

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: