Jornadas Voluntárias de Inverno

Com o início do Novo Ano, é tempo de programar as Jornadas Voluntárias de Inverno de 2015! Desta vez ousa-se propor a realização de quatro jornadas voluntárias ao longo de todo o Inverno! Para alimentar o entusiasmo aqui vai uma perspectiva dos trabalhos a realizar, todos eles em zonas particularmente valiosas mas ao mesmo tempo carentes de intervenção.

Este ano os trabalhos de Inverno serão sobretudo dedicados a trabalhos de manutenção em áreas de carvalhal e medronhal, desde as margens do Ribeiro até às cotas mais elevadas do monte.

A primeira área a merecer atenção fica em torno do vale nº 6, tanto a montante como a jusante dele. Temos aqui uma área preciosa, em ambas as margens do Ribeiro, tanto dentro da propriedade da Altri Florestal como nos terrenos aqui adquiridos pela Quercus em 2009. Nos primeiros, no entorno imediato do vale nº 6, os trabalhos iniciaram-se em 2008, nos segundos, na outra margem e na mesma um pouco para jusante, em 2009. Foi aliás na extrema entre os dois que a grande leva de trabalhos de 2009/10, financiada em boa hora pelo Fundo ONG Ambiente do EEE, se iniciou. Era sobretudo nos terrenos privados que existia mais rebentação de carvalhal espontâneo, pois que se tratava em boa parte de antigas terras agrícolas, onde os carvalhos tinham mais facilidade em se fixar, mesmo com a concorrência dos eucaliptos que foram plantados nessas terras, a seguir ao abandono de Belazaima-a-Velha, por volta de 1980. No entanto, devido à abundante rebentação desse carvalhal, nunca as mimosas, também existentes em grande número, foram eliminadas com muita eficiência pela utilização de herbicida, a fim de minimizar danos sobre essa rebentação. A consequência é que esta tem sido uma das áreas de maior persistência das mimosas de toda a área de intervenção. Por isso, em pelo menos duas das quatro jornadas de Inverno vamos trabalhar aqui a cortar mimosas, mas também cuidar dos carvalhos, fazendo desbastes quando necessário, cortando rebentação secundária e limpando o silvado em excesso.

Ribeira do Tojo - área de trabalhos de Inverno

Ribeira do Tojo – uma das áreas de trabalhos de Inverno

Outra das áreas alvo de intervenção será na zona de cabeceira do vale nº 2, esta por seu lado bastante invadida com acácia-de-espigas e onde os medronheiros são as plantas nativas dominantes. Aqui, para além de cortar e arrancar as acácias, também trituraremos o matagal em torno dos medronheiros. Com a concordância (a confirmar) da Altri Florestal, também cuidaremos de uma interessante mancha de carvalhal espontâneo existente na área do marco geodésico “Santo”.

Eis as datas previstas para as jornadas voluntárias de Inverno:

Janeiro: 17, 31

Fevereiro: 21

Março: 14

Bem-vindos ao Cabeço Santo em 2015!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: