1ª jornada voluntária de Inverno e de 2015

Foi num dia frio e sem sol que decorreu a primeira jornada voluntária de Inverno de 2015 no Cabeço Santo. Com previsões de chuva a partir do meio da tarde, a equipa não se sentiu intimidada: pouco passava das 9 da manhã quando rumou à mancha de carvalhal do Cambedo, um conjunto de várias antigas parcelas agrícolas e florestais adquiridas pela Quercus em 2009 em ambas as margens do ribeiro e já não longe da antiga povoação, agora abandonada, de Belazaima-a-Velha.

Os carvalhos aqui existentes são na sua grande maioria de rebentação (das toiças após o incêndio de 2005), embora também haja bastantes árvores e arbustos plantados. O principal problema desta área são as mimosas, que no início da intervenção constituíam uma formação muito densa, mas onde as pulverizações com herbicida se fizeram de forma muito parcimoniosa, a fim de evitar danos sobre a rebentação do carvalhal. Isso conseguiu-se, mas, em contrapartida, as mimosas têm sido um “osso duro de roer”. A última jornada aqui realizada foi em Abril de 2013 (https://ecosanto.wordpress.com/2013/04/). Não tendo sido possível vir aqui no Inverno de 2014, as mimosas que ainda não apareciam nas fotos de 2013 observavam-se agora com 5 e 6 metros de altura! Inacreditável não é?

Desta forma, o trabalho dos voluntários foi sobretudo de tesourão e pulverizador de mão, embora a motossera também fosse usada para cortar as mimosas maiores. A motoroçadora também trabalhou quase continuamente, em manchas muito densas de mimosas pequenas, para destroçar os fetos secos, para destroçar selectivamente o matagal, e, sobretudo, para triturar o silvado, que mais abaixo no terreno também cresce de forma muito vigorosa, conseguindo ainda vergar uma árvore plantada há 4 anos. Para além do corte das mimosas também se realizou o corte de rebentação secundária das toiças dos carvalhos e se fez alguma desramação, também nos carvalhos.

Cortando mimosas

Cortando mimosas

Explicando como se deve fazer a desramação

Explicando como se deve fazer a desramação

Enfrentando o "inimigo"

Enfrentando o “inimigo”!

Dança com motosserra

Dança com motosserra

Trabalho com motosserra

Trabalho com motosserra, e com pulverizador de mão

Admirando um medronheiro, depois de desanuviado

Admirando um medronheiro, depois de desanuviado

Paisagem já sem mimosas em pé

Paisagem já sem mimosas em pé

Arrumação de ramada

Arrumação de ramada

"Rio" de mimosas caídas

“Rio” de mimosas caídas

Corte de uma háquea-picante, em flor

Corte de uma háquea-picante, em flor

Dado que o sol não apareceu, estava frio, claro, mas, com a dinâmica dos trabalhos, ninguém o notou. Com uma excepção: na hora do almoço, com a necessária paragem, mãos e pés começaram a enregelar. Foi o pretexto para não parar por muito tempo…

Só à tarde se fez reportagem fotográfica. Foi uma voluntária, a Claudia, que ficou incumbida da tarefa. Mas, quando era um quarto para as 5 da tarde, começou a chover, e, com a pressa de regressar a porto seco e não molhar toda a carga de equipamento, não se tirou a foto de despedida (e nunca mais lembrou!). Por isso, não obstante as fotos serem suas, a Claudia passa despercebida na própria reportagem fotográfica que é sua! Que pena!

Cuidado! Uma onda gigante de mimosas à retaguarda!

Cuidado! Uma onda gigante de mimosas à retaguarda!

Arrumando lenha e ramada

Arrumando lenha e ramada

Arrumando lenha

Arrumando lenha

Resultado do trabalho

Resultado do trabalho

Mais resultado do trabalho

Mais resultado do trabalho

Momento de descontracção junto ao ribeiro

Momento de descontracção junto ao ribeiro

Triturando silvado

Triturando silvado

A mancha de silvado

A mancha de silvado

Voluntário observando um azevinho (por si?!) plantado há 3 ou 4 anos

Voluntário observando um azevinho (por si?!) plantado há 3 ou 4 anos

O pequeno bosque, agora sem mimosas, com o Cabeço do Meio em fundo.

O pequeno bosque, agora sem mimosas, com o Cabeço do Meio em fundo.

Tinha sido uma fantástica jornada, e algum voluntário que não concorde que me desminta! Mas ainda havemos de voltar aqui outra vez neste Inverno. Talvez já na próxima jornada. Até lá.

Paulo Domingues

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: