Última Jornada de Plantação

A última jornada regular deste Inverno, e também a última de plantação de árvores, foi uma notável congregação de 19 vontades (humanas, mais 4 caninas) muitas delas pela primeira vez, que deram uma contribuição determinante para que as mais de 250 árvores que ainda tínhamos para plantar neste dia o tivessem sido, para além de outros trabalhos realizados. Foi ainda uma jornada “intercontinental” com participantes de dois continentes e quatro países!

A equipa começou, como previsto, pelo Vale de Barrocas, abaixo do caminho principal. Já aí tínhamos estado, mas neste dia avançámos encosta abaixo em direcção ao ribeiro. Não foi um início fácil porque o terreno era pedregoso, o mato denso, e as ramadas de eucalipto abundantes. Para além disso, a encosta tornava-se extremamente declivosa à medida que nos aproximávamos do ribeiro. Para além da plantação de árvores, alguns voluntários dedicaram-se ao corte de rebentação de eucalipto.

DSC_1000

Voluntárias em acção

DSC_1010

Equipa “internacional”

DSC_1011

Em terreno muito inclinado!

DSC_1012

Lódão-bastardo já rebentado, acabado de plantar

DSC_1013

Vista do ribeiro, lá em baixo

Depois de dois dias de autêntico Verão antecipado, o dia estava fresco e os trabalhos avançaram com determinação. Mas o espaço disponível aqui já não era muito pelo que ainda antes do final da manhã o trabalho deu-se por terminado e a equipa dirigiu-se para montante, subindo da cota dos 170 metros até à dos 270, no ponto mais elevado desta área de intervenção. Após esta subida de 100 metros achou-se por bem almoçar, para recuperar energias…

DSC_1034

Reforço de energias com especialidades vegetarianas e bolo para terminar!

À tarde, e reabastecido o stock de árvores, a plantação continuou entre um braço muito secundário do vale e o principal. Aqui havia mais solo e menos pedras do que lá em baixo, pelo que o esforço adicional de transportar os materiais encosta acima era algo compensado pela maior facilidade em plantar as árvores. Também lá em cima uma equipa se dedicou à rebentação de eucalipto, esta bem mais difícil do que lá em baixo porque era a primeira vez que era cortada.

DSC_1024

Caminhada até à área seguinte numa cota mais elevada do vale

DSC_1026

Cá em cima os rebentos de eucalipto eram bastante grandes

DSC_1040

Trabalhos em curso, apreciados ao longe

Os trabalhos avançaram durante a tarde e foi já em pleno “coração” do Vale de Barrocas que as árvores se esgotaram, as energias também já não estavam longe disso, e o sol, já bem escondido atrás do Cabeço do Meio, fazia parecer ainda mais frio o ar que o vento trazia de nordeste, bem diferente do dos últimos dois dias, o temível vento de sudeste.

DSC_1047

Perspectiva do vale, terminados os trabalhos

DSC_1051

A equipa deste dia, já sem a presença de três voluntárias

E foi assim que se encerrou a época de plantação de árvores. Se poderá não impressionar pelo número de árvores plantadas (pouco mais de 2000), não deixa de ser expressivo o número de jornadas realizadas (9), o número de voluntários envolvidos (várias dezenas, num total de cerca de 120 participações) e sobretudo o esforço desenvolvido na realização de um trabalho que é um dos mais exigentes que pedimos aos voluntários, e cujo resultado leva muitos anos a tornar-se visível. Como bem ficou patente ao longo da época, trabalhámos quase invariavelmente em locais de acesso e movimentação difíceis, os locais de plantação tiveram que ser pesquisados em terreno por vezes pedregoso e densamente percorrido por raízes de eucalipto, com ramadas dos últimos cortes frequentemente depositadas e ainda com a presença do matagal, ainda que “amassado” pela queda dos eucaliptos e os movimentos de rechega. E, apesar das dificuldades, muitos dos voluntários voltaram uma e outra vez, num movimento que quase sempre excedeu as 10 pessoas por jornada e que permitiu a realização de outros trabalhos importantes como o corte das rebentações de eucalipto. Creio não ser excessivo afirmar que foi um esforço notável, que merece, neste momento, um reconhecimento especial.

Os trabalhos, é claro, vão continuar já no início da Primavera que se aproxima, e em breve serão anunciadas as Jornadas Voluntárias de Primavera de 2017!

Até já!

Paulo Domingues

Anúncios

2 Respostas so far »

  1. 2

    Aldina Dias said,

    Muito obrigada a todos!
    (Alunos do 3º ano turma 10 da EB Fernando Caldeira e professora Aldina Dias)


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: