Última jornada de Outono

A última jornada de Outono (e de 2017) foi participada por 18 voluntários, um nível de participação que se manteve consistentemente elevado ao longo do Outono.

O dia previa-se com alguma chuva, e com efeito a paisagem continua a ansiar por ela, mas a organização apostou na sua vinda apenas no Domingo, deixando o Sábado livre para os trabalhos! E assim foi: a equipa deslocou-se de manhã até à zona da Benfeita, ainda bem perto de Belazaima, onde semeou duas áreas declivosas. Numa delas as toiças de eucalipto tinham sido partidas e parcialmente arrancadas por uma máquina com enxó. Na outra o terreno era demasiado declivoso e isso não tinha sido possível, tendo-se optado aqui por pulverizar a rebentação com herbicida. Esta operação tinha decorrido há apenas algumas semanas e a rebentação dava agora sinais de secar.

Foi nesta área que se começou. O solo foi mobilizado no passado para a plantação dos eucaliptos, tendo desestabilizado bastante a sua frágil estrutura, o que ainda claramente se podia constatar, tantos anos depois. Apesar disso, e fruto da já não muito elevada densidade de eucaliptos aqui presentes, alguns carvalhos tinham conseguido romper aqui e ali, sendo um bom indicador da adequação da espécie ao local.

DSC_2197
Sementeira de bolota entre rebentos já meio murchos. Esta parcela também foi percorrida pelo incêndio de 28 de Abril passado
DSC_2199
Voluntária semeadora com todo o seu equipamento
DSC_2201
Aqui as toiças tinham sido arrancadas e partidas, mas não foi essa operação que mais afectou a estrutura deste solo
DSC_2193
Um fungo interessante numa toiça de eucalipto queimada

Já a manhã ia adiantada quando a equipa passou à área sem rebentos e aí continuou até à hora do almoço. Este decorreu na Quinta das Tílias, por razões de proximidade. Alguns voluntários tinham-se dedicado também ao corte de rebentação de eucalipto numa área ali perto.

À tarde, e para concluir “em beleza”, a equipa deslocou-se até ao Vale de Barrocas para iniciar trabalhos de reconversão numa parcela que há muito ansiávamos incluir na área de intervenção: a parcela que contém a pequena mancha de carvalhos grandes da margem esquerda do ribeiro que resistiu aos vários cataclismos que assolaram esta paisagem nas últimas décadas. A maior parte desses carvalhos cresceu nos últimos 50 anos sobre solos de pequeníssimas áreas agrícolas que os homens de antanho criaram ao longo de um vale que desce desde o Cabeço do Meio até ao Ribeiro. Este vale é só um pouco mais pequeno do que o principal, mas como há por aqui muitos vales, toda a zona toma o nome do principal. Este, onde se desenvolveram os trabalhos de hoje, situa-se 200 metros a oeste do principal e ainda tem outro mais pequeno pelo meio. Tal como os dois anteriores também este tem uma captação de água de onde, apesar da seca ainda não ultrapassada deste ano, ainda corre um caudal bem interessante. Estes e outros motivos justificavam a inclusão desta parcela na área de intervenção do Vale de Barrocas e, fruto de um longo “namoro”, conseguiu-se finalmente!

DSC_2208
Voluntários já entre os rebentos do Vale de Barrocas
DSC_2209
Os “famosos” carvalhos, vistos do lado oposto ao de onde são mais habitualmente observados
DSC_2210
Equipa em acção coordenada
DSC_2214
Perspectiva do trabalho de corte dos rebentos realizado (a sementeira não se vê!)

Como a parcela ainda tinha rebentação de eucalipto, a equipa dividiu-se entre a sementeira e o corte dos rebentos. A sementeira concluiu-se na curta tarde mas o corte dos rebentos ainda necessita de trabalho adicional.

A jornada concluiu-se com um pequeno lanche já na Quinta das Tílias, onde se tirou a foto de despedida, já sem um voluntário. Uma despedida até ao próximo ano, onde esperamos continuar a contar com a generosidade de tantos voluntários, o que só assim nos permite abraçar positivamente desafios tão grandes como os que temos para o próximo e os próximos anos.

CIMG6542
Foto de despedida. Não saiu com muita qualidade mas isso foi o menos importante do dia!

Um grande obrigado a todos os voluntários desta jornada, deste Outono, e deste ano de 2017!

Paulo Domingues

Anúncios

One Reply to “Última jornada de Outono”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s